Guia de iniciação Contabilidade Ativos Compras Inventário Vendas Conta Corrente Bancos Impostos Salários Central Sistema Glossário Sugestões
Rose Accounting Services SistemaConfigurações de Empresa
SistemaConfigurações de Empresa
Configurações de Empresa

Configurações de Empresa

Última alteração a 25/08/2022
Este artigo é aplicável a:
Administrador
Resp. de Vendas
Resp. de Compras
Financeiro
Técnico de RH
Configurador

Os processos de implementação do Accounting Services/Payroll são realizados no Rose Central, nomeadamente, a criação da empresa do escritório e as dos respetivos clientes, bem como a configuração dos parâmetros financeiros e de salários.

No entanto, é necessário configurar outro conjunto de informações importantes ao negócio relacionadas com as vendas, os ativos da empresa ou o cumprimento das obrigações legais.

Criar Conjuntos

Para simplificar as configurações de empresas, é possível criar conjuntos de fornecedores, clientes e artigos partilhados entre empresas. Nestes conjuntos, deverá agregar todos os elementos e associá-los às empresas pretendidas. Contudo, cada elemento só pode estar presente num conjunto.

Exemplo

Pretende associar o fornecedor de papelaria e encontram-se disponíveis os seguintes conjuntos:

  • Conjunto de fornecedores Transversais às empresas X e Y;
  • Conjunto de fornecedores Específicos da empresa X;

Ao associar o fornecedor de papelaria ao conjunto de fornecedores específicos, este elemento não será utilizado pela empresa Y. Se selecionar os conjuntos de fornecedores transversais, o novo fornecedor estará disponível para as duas empresas. (ver infografia).

Para criar conjuntos deverá aceder a Configurar Empresas | Conjuntos | Conjuntos de Fornecedores/Conjuntos de Clientes/Conjuntos de Artigos e clicar em Criar. Posteriormente, deverá indicar o conjunto pretendido e a respetiva descrição e, por fim, na área Utilizado por Empresas associá-lo às empresas pretendidas.

Validar Parâmetros Financeiros

Deverá validar todas as configurações geradas automaticamente pelo sistema antes de lançar documentos, nomeadamente, o plano de contas da empresa que será utilizado nos lançamentos da contabilidade, bem como o calendário contabilístico oficial da empresa que servirá para traduzir os meses em períodos da contabilidade.

Além disto, deverá também validar os seguintes dados para integrar os documentos do e-fatura:

  • diário a utilizar nos documentos a gerar na contabilidade;
  • conta da contabilidade de fornecedor;
  • A conta da entidade indiferenciada.  Ao importar as faturas, o importador procura na base de dados uma entidade com o mesmo número de contribuinte do e-fatura. Quando não encontra será utilizada esta entidade.

Para validar as configurações da contabilidade, siga os seguintes passos:

  1. Aceder a Configurar Empresas | Parâmetros Financeiros;
  2. Selecionar a empresa pretendida e clicar em Editar;
  3. Validar as informações preenchidas automaticamente;
  4. Ativar a checkbox Estorno Negativo? para o estorno utilizar montantes negativos quando não existe stock de um artigo;
  5. Na área Valores Predefinidos, indicar a Forma de Pagamento predefinida para as contas de Caixa e Conta Bancária;
  6. Na área e-fatura, preencher os campos Diário, Conta de Fornecedor e Entidade Indiferenciada;
  7. Selecionar a opção Criar Entidades caso pretenda criar os fornecedores existentes no e-fatura que ainda não estão criados no ROSE. Se ativar esta opção, deverá selecionar o tipo de identificação para esses fornecedores no sistema: NIF ou AutoNumeração;
  8. Indicar as Dimensões da Empresa na respetiva área para determinar quais serão utilizadas e a ordem que será utilizada ao visualizar;
  9. Por fim, clicar em Guardar.

Validar Parâmetros dos Ativos

Nos parâmetros de ativos, é possível consultar e definir um conjunto de dados relacionados com os diários utilizados em cada operação realizada no ativo.

Para configurar os diários e as áreas de depreciação a utilizar, siga os seguintes passos:

  1. Aceder a Configurar Empresas | Parâmetros dos Ativos;
  2. Editar a empresa pretendida;
  3. Validar os diários utilizados;
  4. Escolher a(s) área(s) de depreciação a utilizar e o respetivo livro;
  5. Por fim, clicar em Guardar.

Validar Parâmetros de Vendas

Ao configurar uma empresa, é necessário validar um conjunto de informações relativas às vendas, nomeadamente a validade predefinida de um orçamento para determinar o tempo que o(s) cliente(s) tem para aceitá-lo.

De salientar que a menos que seja definida uma data de "Válido Até", o cliente pode aceitar o orçamento em qualquer momento, mesmo que os pressupostos subjacentes ao preço já não sejam aplicáveis.

Para validar um orçamento, siga os seguintes passos:

  1. Aceder a Configurar Empresas | Parâmetros de Vendas;
  2. Editar a empresa pretendida;
  3. Validar as informações preenchidas automaticamente e, caso pretenda, predefinir outros tipos de documentos e valores;
  4. Indicar o Canal de Vendas e a Lista de Preços aplicável;
  5. No campo Validade do Orçamento, inserir o prazo pretendido;
  6. Por fim, clicar em Guardar.

Validar Parâmetros de Inventário

Apesar de ser possível configurar a existência de stock negativo, não é recomendável uma vez que o reporte de stock negativo não é aceite pela Autoridade Tributária, assim como dificulta o processo de análise de valorização de stock.

O stock negativo ocorre quando existe saída de material antes do registo do respetivo material no Inventário e que, por razões organizacionais, o material já se encontra fisicamente localizado no armazém.

Para permitir stock negativo, siga os seguintes passos:

  1. Aceder a Configurar Empresas | Parâmetros de Inventário;
  2. Editar a empresa pretendida;
  3. Validar as informações preenchidas automaticamente;
  4. Selecionar a checkbox Permitir Stock Negativo;
  5. Clicar em Guardar.

Validar Parâmetros de Impostos

Nos parâmetros de impostos, é possível definir o NIF do contabilista oficial da organização, bem como a classificação da atividade económica para que exista um valor automático nas novas séries dos documentos. Caso exista mais que uma série, é possível alterá-la nos tipos de documento.

Para definir estes valores, siga os seguintes passos:

  1. Aceder a Configurar Empresas | Parâmetros de Impostos;
  2. Editar a empresa pretendida;
  3. Indicar o Fuso Horário Fiscal aplicável para que a data e hora sejam corretamente impressas nos documentos de transporte;
  4. Determinar um Valor Limite da Fatura Simplificada, ou seja, definir um montante que as faturas simplificadas não podem ultrapassar. Este valor deve cumprir as normas fiscais aplicáveis à organização;
  5. Inserir o NIF do Representante Legal para que seja apresentado na Declaração de Retenções;
  6. Indicar o NIF do Contabilista que irá emitir a Declaração Recapitulativa;
  7. Selecionar a Classificação das Atividades Económicas para predefinir um valor para as novas séries dos documentos;
  8. Validar as restantes informações;
  9. Por fim, clicar em Guardar.

Ativar Empresas (RH)

Para utilizar o módulo de salários, deverá primeiramente ativar a empresa pretendida no ROSE Payroll e garantir que também está no estado Ativo no ROSE AS. Só depois de ativar a empresa, é que poderá definir os parâmetros desta aplicação e realizar as restantes configurações.

Caso seja necessário, poderá posteriormente desativar o módulo.

Para ativar ou desativar o módulo de salário na(s) empresa(s), siga os seguintes passos:

Ativar Estado da Empresa

Para ativar o módulo de salários numa empresa, siga os seguintes passos: 

  1. No ROSE Payroll, aceder a Sistema | Configurar Empresas | Estado de Salários;
  2. Selecionar a empresa pretendida;
  3. Clicar no botão Ativar

Após ativar a empresa, é atualizado o número de contratos associados à subscrição, informação importante para validar as condições do licenciamento. Nesta contabilização, são apenas considerados os contratos no estado Ativo ou Cessante (ver artigo).

Caso desative uma empresa, poderá voltar a ativá-la se:

  • o último período fechado for imediatamente anterior ao período atual;
  • não existirem processamentos no estado Fechado. 

Caso se trate de uma reativação, é necessário reprocessar os contratos no período atual para que sejam criados os processamentos de vencimento em Salários | Reprocessamentos | Reprocessar Período. 

Desativar Estado

Se, posteriormente, for necessário desativar este módulo, basta clicar no botão Desativar em Sistema | Configurar Empresas | Estado de Salários.

 Ao desativar a empresa, o sistema irá:

  • remover todos os processamentos que estão no estado Aberto; 
  • ignorar os pedidos de reprocessamento (remunerações, remunerações pontuais, ausências, deduções, naturezas, movimentos manuais nas contas de benefício, fórmulas, horários e contratos). 

Além disso, deixa de ser possível realizar determinadas funcionalidades, nomeadamente:

  • criar ausências e remunerações pontuais; 
  • criar ou alterar folhas de pagamento ou movimentos manuais numa Conta de Benefício;
  • criar ou editar contratos; 
  • iniciar processamentos/reprocessamentos.

No entanto, poderá consultar recibos, folhas de pagamento, declarações ficais e todos os valores integrados na Contabilidade. No mesmo sentido, ao desativar uma empresa, o número de contratos associados à subscrição é atualizado.

Validar Parâmetros de Salários

Após ativar o módulo de Salários, é necessário definir os dados contabilísticos e legais da empresa para garantir a correta integração na Contabilidade do ROSE AS e cumprir todas as obrigações legais.

Para validar os parâmetros de salários, siga os seguintes passos:

Configurar parâmetros de salários

  1. Aceder a Configurar Empresas | Parâmetros de Salários;
  2. Editar a empresa pretendida;
  3. Definir o Diário que pretende utilizar;
  4. Selecionar o calendário oficial que a empresa irá seguir e o respetivo horário base;
  5. Ativar a opção Impressão de Recibos em Duplicado (opcional);
  6. Por fim, clicar em Guardar.

Configurar Parâmetros Específicos de PT

  1. Aceder a Configurar Empresas | Parâmetros Específicos de PT;
  2. Editar a empresa pretendida;
  3. Na área Entidade AT, associar a entidade AT e inserir o Código Serviço de Finanças;
  4. Selecionar a entidade Seg. Social no respetivo campo;
  5. Indicar o Diário e o Plano de Contas para o correto arredondamento dos valores entregues na DRI, bem como as respetivas Contas da Empresa e de Encargo;
  6. Definir a Forma de Pagamento e a Condição de Pagamento;
  7. Associar os Sindicatos e entidades de Seguros aplicáveis;
  8. Por fim, clicar em Guardar.

Criar Estabelecimentos (RH)

Todas as informações da empresa são importantes e, por isso, deverá refletir a realidade organizacional no ROSE, nomeadamente, os dados referentes ao(s) estabelecimento(s).

O estabelecimento corresponde, por norma, à localização de trabalho dos colaboradores. Caso existam várias empresas associadas a um estabelecimento, deverá criar um estabelecimento por cada empresa, indicando que se trata de filiais.

Assim, poderá analisar as informações de cada empresa de forma individual para acompanhar a situação contratual e contabilística de cada empresa.

Para criar estabelecimentos, siga os seguintes passos:  

  1. Aceder a Sistema | Configurar Empresas | Estabelecimentos; 
  2. Clicar em Criar;
  3. Indicar o Código Identificador e a Designação do estabelecimento;
    Nota: Na designação, deverá indicar se trata da sede ou de uma filial;
  4. Selecionar a opção Sede? caso se trate do estabelecimento principal da empresa. Esta informação é relevante para o preenchimento do Relatório Único, onde muita da informação é relativa à Sede;
  5. Preencher as informações referentes à Morada;
  6. Clicar no botão + para indicar dados fiscais do estabelecimento;
  7. Inserir o NISS (Número de identificação de Seg. Social) e o Código do estabelecimento atribuído pela Seg. Social;
  8. Por fim, clicar em Guardar.

De salientar que, como os estabelecimentos dependem da empresa, não é possível definir mais do que um como sede. Se, posteriormente, pretender alterar a sede, basta desativar a opção no estabelecimento atual e ativar no pretendido.

Definir Perfis de Lançamento (RH)

O Perfis de Lançamento do Contrato permite definir, para cada Plano de Contas, os seguintes dados:

  • a conta a utilizar para o contrato;
  • a conta a utilizar para as remunerações configuradas com determinado tipo de remuneração;
  • as contas a utilizar no lançamento das deduções de acordo com o tipo de dedução. 

De base, são disponibilizados dois tipos de perfis de lançamento: "PES" para os colaboradores e "MOE" para os membros de órgãos estatutários. No entanto, poderá criar mais perfis de acordo as necessidades da empresa. 

Para agilizar esta tarefa, poderá duplicar um perfil e efetuar todas as alterações necessárias. De salientar que deverá garantir que todas as contas referidas anteriormente estão criadas na aplicação.

Para criar um Perfil de Lançamento, siga os seguintes passos: 

  1. No ROSE Payroll, aceder a Configurar Empresas | Contabilidade | Perfis de Lançamento do Contrato;
  2. Clicar em Criar. Caso pretenda duplicar um perfil já existente, deverá selecioná-lo e, no botão "...", clicar em Copiar para Novo 
  3. Inserir os dados identificativos do novo perfil de lançamento;
  4. Na área Contas de Contrato, indicar o plano de contas e a conta associada ao contrato;
  5. Na área Remunerações, indicar o plano de contas, o tipo de conta de remuneração e a conta associada à remuneração;
  6. Na área Deduções, preencher todas as colunas da tabela;
  7. Por fim, clicar em Guardar.

Após estes passos, já poderá associar o novo perfil aos contratos. Na integração com a Contabilidade, para cada remuneração ou dedução o sistema irá verificar aos perfis a conta a movimentar para cada tipo (remuneração ou dedução). 

Guardar ou partilhar este artigo
Esta página foi útil?
Obrigado pelo seu voto.
Faça login para deixar a sua opinião.
Obrigado pelo seu feedback. Iremos analisá-lo para continuarmos a melhorar!
Artigos Relacionados
Configurações de Empresa