Guia de iniciação Contabilidade Ativos Compras Inventário Vendas Conta Corrente Bancos Impostos Salários Central Sistema Glossário Sugestões
Rose Accounting Services VendasImportação SAF-T de Vendas
VendasImportação SAF-T de Vendas
Importação SAF-T de Vendas

Importação SAF-T de vendas

Última alteração a 09/03/2022
Este artigo é aplicável a:
Administrador
Resp. de Vendas
Resp. de Compras
Financeiro
Técnico de RH
Configurador

Para aumentar a produtividade dos escritórios de contabilidade, é possível importar para a aplicação os ficheiros SAF-T de vendas.

Além de permitir guardar o histórico das vendas da organização, este mecanismo permite lançar na contabilidade todos os documentos financeiros existentes no SAF-T.

A importação deste tipo de ficheiro pressupõe que os Grupos de Importação SAF-T estejam devidamente configurados para garantir a equivalência dos dados, por exemplo, definir qual o tipo de conta de artigo a utilizar na importação da tabela de artigos do ficheiro SAF-T.

Considerações prévias

É comum os ficheiros SAF-T apresentarem preços unitários com muita precisão, nomeadamente quando os clientes utilizam preços com IVA incluído. Assim, ao importar, podem existir diferenças de arredondamentos entre os valores do ficheiro SAF-T e os valores apresentados do ROSE. Para mitigar estas diferenças, é recomendável definir 4 casas decimais para os preços unitários em Configurar Sistema | Moedas. 

Deverá também garantir que estes ficheiros estão no encoding Windows-1252 antes de realizar qualquer importação. Para saber como verificar o encoding do(s) ficheiro(s), sugere-se a consulta do artigo Como verificar e/ou alterar o encoding de um ficheiro?

De realçar que, para cumprir as obrigações legais e garantir uma boa organização documental, o ROSE marca os documentos financeiros importados como externos. Desta forma, saberá sempre a origem do documento. Além disso, nas faturas, por exemplo, além de criar um tipo de documento específico, cria também uma série externa para os lançar na Contabilidade.

É importante garantir que o NIF indicado no ficheiro SAF-T corresponde ao NIF de uma das empresas da subscrição, caso contrário o ficheiro é rejeitado.

Importar ficheiro

Na importação do ficheiro SAF-T, além de migrar os documentos financeiros, o ROSE verifica se os clientes e artigos existentes no ficheiro estão criados no sistema. Caso não estejam, irá criá-los com a informação disponível.

De salientar que, caso o ficheiro SAF-T não possua tabela de artigos, a aplicação irá criar os artigos com base nas informações dos documentos financeiros.

Durante o processo de importação, é apresentada uma tabela com a informação dos clientes e artigos que poderá alterar alguns atributos, como por exemplo o nome, grupo de clientes, descrição, tipo de artigo, etc.

Para importar o ficheiro SAF-T de vendas, siga os seguintes passos:

  1. Aceder a Vendas | Importar SAF-T;
  2. Selecionar o ficheiro pretendido;
  3. O sistema irá validar o ficheiro. Esta operação pode ser demorosa de acordo com o tamanho do ficheiro, no entanto, será enviada uma notificação a indicar o fim desta operação;
  4. Clicar na seta para iniciar o processamento. Caso não pretenda continuar com esta importação, basta clicar no ícone correspondente;
  5. Analisar os clientes que serão criados e, caso seja necessário, alterar os dados apresentados. Caso se trate também de Outros Devedores, deverá assinalar a opção correspondente;
    Nota: Se o NIF do cliente já existir no sistema, esta opção fica automaticamente assinalada e os documentos associados ao NIF serão contabilizados no respetivo cliente;
  6. Clicar em Seguinte;
  7. Na tabela apresentada, validar todas as informações relacionadas com os clientes e, caso pretenda, alterar o Nome, Grupo de Clientes e Tipo de Conta da Entidade. Caso os clientes sejam também Outros Devedores, deverá assinalar as opções correspondentes;
  8. Clicar em Seguinte;
  9. Validar todas as características dos artigos a criar com a importação do ficheiro SAF-T. Se aos artigos estiver associada uma retenção, deverá introduzi-la na coluna “Regime de Retenção do Artigo”;
  10. Clicar em Seguinte;
  11. Confirmar todos os valores dos documentos a importar;
  12. Na área Resumo, poderá verificar o número de clientes, artigos e documentos que serão criados;
  13. Clicar em Finalizar.

Poderá acompanhar o estado da importação na área das Notificações.

Guardar ou partilhar este artigo
Esta página foi útil?
Obrigado pelo seu voto.
Faça login para deixar a sua opinião.
Obrigado pelo seu feedback. Iremos analisá-lo para continuarmos a melhorar!
Artigos Relacionados
Importação SAF-T de vendas